quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Dois buquês

Morávamos em São Paulo quando decidimos nos casar. Minha família estava toda no RS e a da Camila, em MG. Como unir todo mundo e encontrar tempo para organizar um evento legal (lembrando do quesito pobreza rs)? Salvas pelo gongo, a mãe da Camila se ofereceu para organizar a festa lá no interior de Minas.

Eu não queria convidar toda a minha família pq, além de ser muito numerosa, ainda não era muito bem aceita por todos. Em um mundo ideal, teríamos uma festa enorme com 500 convidados, mas nos concentramos em 50 pessoas rs
Do lado da Cah tudo foi mais fácil: família querendo comparecer em peso, amigos todos envolvidos. Resultado: dos 50 convidados, apenas 3 pessoas da minha família (mãe levemente contrariada, irmã e cunhado vibrantes). Capítulo à parte: meu pai recusou o convite e ficou em casa sozinho. No dia do casamento ele me ligou aos prantos arrependido. Sorry, tarde demais né?

A verdade é que nada atrapalhou nosso dia. A gente casou de branco e fez questão de um buquê cada uma. A gente fez a seleção das músicas especialmente para o dia. A gente fez o convite. A gente escolheu como seria a entrada, a cerimônia, onde ficariam os convidados, o que seria servido... Escolhemos um palestrante espírita para fazer o discurso e eu chorei desde a primeira palavrinha.
Nós usamos salto alto e as mesas tinham flores. Nós trocamos alianças jurando amor eterno e tivemos padrinho assinando o documento de união estável. Nossas mães choraram até se esgotar e nos arrependemos de não ter contratado fotógrafo.
Nós ganhamos a lua de mel em um hotel charmoso e mesmo um tanto alcoolizadas e mortas de cansaço aproveitamos muitoooooooooo cada segundo.

Nos sentimos donas da festa e verdadeiramente casadas. Nossas bochechas doíam no dia seguinte de tanto que sorrimos. Nós ficamos repetindo a palavra ESPOSA até cansar. Nós nos vimos diferente, o respeito e a admiração se multiplicaram do dia para a noite. Nós fizemos planos para o futuro. Nós jogamos os buquês e ganhamos mil abraços.
Nós nos casamos.

9 comentários:

  1. Que lindo! Muito legal isso! Mas sabem, não me imagino fazendo uma festa dessas...
    Acho que meus pais morreriam se eu fizesse isso, e o resto da família nem sabe de mim, seria mto complicado! Mas futuramente ainda penso em fazer uma festinha de casamento, mas sem vestidos de noiva, buquês, essas coisas, só uma festinha assinando termo de uinão estável e pronto. Um dia, quem sabe...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais Vivian! Tenho muita vontade de selar nosso relacionamento/amor com um ritual também. Como não somos relogiosas nem nada, só a assinatura da união seria o suficiente. Quem sabe, logo mais, quando as coisas se ajeitarem por aqui...

    bjim
    :-)

    ResponderExcluir
  3. Eu lembro dessas fotos.. eu via e achava que vc era a mais metida auhuahua Um dia vamos nos encontrar pra você ver nosso álbum de casamento e os vídeos também kkkkk Só que o nosso foi mais informal, um churrascão com um momoento de bolo, doces de casamento e bem casados. Fizemos convites, e lembrancinhas simples... Foi só pra selar :D
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Oi meninas!!!

    Poderiam votar e divulgar? Estamos perdendo por poucos votos (sobre a lei de homofobia ser considerada crime).

    http://www.crpsc.org.br/?home

    Obg!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Que fofo... quero uma cerimônia assim.

    ResponderExcluir
  6. Lindo, lindo, lindo! Tão lindo que é exatamente o que eu e minha namorada planejamos para o nosso casamento. Nós duas nos emocionamos lendo a narração da celebração de vocês, nos identificamos com tudo, até mesmo os pequenos detalhes. Que bom saber que vocês conseguiram se casar direitinho, assinar a união estável (que eu confesso, é o que me dá mais medinho em relação ao casamento, não conseguir registrar nossa união da forma mais adequada), comemorar com os amigos e familiares... Acho que essa felicidade não tem preço! :)

    Nos identificamos inclusive com o quesito pobreza... rsrs! Procuramos ideias baratas o tempo todo, pra fazer um casamento legal e sem gastar muito. Nosso blog tem como objetivo, além de contar nossa história, também divulgar formas de fazer uma cerimônia simples, sem muitos gastos, mas bonita e inesquecível, no gosto das noivas. ^^

    Uma coisinha, meninas: se tivermos dúvidas, seja quanto a parte legal ou sobre detalhes da cerimônia em si, podemos tirá-las com vocês?? :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lorena! Pois é a gente fez a maior ginástica. Eu queria muito algo delicado, sofisticado e simples para o nosso casamento. Então pesquisamos muitooo antes de fazer a cerimônia. A nossa lista de presentes, pra vc ter uma ideia, foi a conta bancária rss Cada convidado depositou um valor livre e assim conseguimos reduzir ainda mais os custos.
    Claro que vc pode falar com a gente sobre os procedimentos legais e etc, estamos à disposição!
    Meu email é vivifiorio@gmail.com. Beijosss!

    ResponderExcluir
  8. então... como minha esposa disse aí em cima tb nos casamos, mas... obvio que eu não vesti vestidinho nem salto alto, pq isto é coisa de viadinha hehehehe ah... quanto ao quesito chorar eu subi no podium, fiz discurso e ainda falei merda pro sogro hehehehe
    Eu tinha feito 1 post deste no blog, mas sei lá pq acabei deletando. Prometo fazer outro pra vcs rirem rs
    bjs
    Piu

    ResponderExcluir
  9. Oi...que lindo o casamento de vcs, nós tb queremos oficializar mas ainda não decidimos como será a festa pq a Ká quer churrascão coisa simples e tal e eu quero algo mais sofisticado mesmo que simples, mas temos que nos desdobrar pra achar lugar e coisas com a nossa cara, mas já estamos em busca e aí contamos no futuro como será...Parabéns, tudo de melhor pra vcs...

    Bjos

    ResponderExcluir