segunda-feira, 15 de abril de 2013

Visita da Dora


No início da semana passada a agenda da escola da Laura veio com um recadinho: "mães, no próximo fim de semana a Laura levará o peixinho para casa". A escola tem essa proposta de que cada fim de semana uma criança leva um peixinho e fica responsável por ele, devolvendo-o na segunda. Só de ouvir falar no assunto já mil argumentos pulam na minha cabeça e o fato é que não, eu não gosto dessa ideia.

Não me entendam mal, eu ADORO peixe. Nós já tivemos 3 peixinhos fofos, sendo que a mais velha, a Kika, ficou conosco por muitos anos, quando morreu eu chorei e fiz luto como acontece com qualquer outro animal de estimação. Eu gosto tanto de peixinhos que não concordo com a ideia de fazer do mesmo um objeto, uma experiência. Aloww, a Laura convive com SEIS animais de estimação! Se é para aprender a respeitar uma vidinha, ter responsabilidades, etc, tudo isso ela aprende x6. Mas ok né? Futuras mamães aí lembrem-se de que a vida tem dessas.

Na sexta-feira, ao buscá-la na escola, veio então o dito cujo - que na verdade é uma dita cuja chamada Dora, uma peixinha beta linda e feliz.



Recebemos a encomenda com aquele nosso mau humor característico. Ainda mais ao constatar que o aquário não tinha tampa e nós temos gatos - um deles bem atentado (corta para a cena de eu dirigindo a 60 km/h na BR e a Cah segurando o aquário que não parava de balançar com a coitada da Dora agitando lá dentro).

Ao chegar em casa, colocamos o pobre ser dentro do armário para passar a noite - isso nos daria tempo para pensar em como cuidar para que ele não fosse devorado nos próximos dois dias. Na mochila dela havia comida, produtos para a água e o Diário do Peixinho. Abri o diário: "Olá! Você está recebendo a visita da Dora! bla bla bla". O texto falava sobre os cuidados e a seguir os pais relatavam a experiência - uma mais incrível e empolgante que a outra (de onde vêm esses pais?). E a gente gostando cada vez mais rs

Respirei fundo e falei: vamos lá, se Laura recebeu essa tarefa, ela vai fazer da melhor forma e pronto. Cah complementou: tira uma foto do peixe, assim se alguém o comer compramos outro igual.

- Vamos dar papá para a Dora filha? Já está na hora do jantar da sua amiguinha! (essa fui eu toda alegria de viver). Abri o pote de ração e...

Derrubei tudo no chão. Bolinhas minúsculas espalhadas pelo quarto, gatos querendo comer tudo, eu sem paciência NE-NHU-MA comecei a resmungar putadavida. Cah riu muito da minha cara.

Corta novamente para a cena de nós ajoelhadas no chão catando bolinhas e colocando no pote. Mas o que para mim começou como uma tarefa super hiper irritante, terminou como sempre termina tudo o que fazemos com a Laura. Ela ajudando a recolher as bolinhas, de repente parou, me deu um baita abraço apertado e falou:

- Mãe, timamu!

Tem como ficar de mau humor??? Hoje, ao devolver a Dora, entreguei também o Diário com um texto bobo-alegre igual ao dos outros pais.

7 comentários:

  1. Hahaha. Quem é Dora, quando se tem Laura?

    P.S.: Cah, você se achou espertona, mas quem disse que Dora é Dora? Todo pai alegre e bobo já deve ter trocado a peixana umas dez vezes xDD

    ResponderExcluir
  2. hehehehe, que delícia!!! O texto bobo alegre será o primeiro de muitos.

    E também acho que Dora pode ter sido substituída,algumas vezes. Quem garante?? kkkk


    ResponderExcluir
  3. hahahahaha! Amei! Confesso que eu também ficaria meio desconfortável com essa história de peixinho itinerante, também não acharia legal, mas, né, faz parte. Pelo menos a experiência valeu a pena e o Gandalf não comeu a Dora! XD
    E o que é essa Laura, minha gente??? morro mto ou demais?? <3

    Timamu, pequena!

    ResponderExcluir
  4. Hahahahaha ah, eu ri demais com a parte das bolinhas se espalhando pelo chão!
    Mas sabe que eu também detesto essa mania de algumas escolas infantis de enviarem animais para as casas das crianças? É uma puta falta de respeito com o animal, né? Sem noção! Tenho uma colega que recebeu um coelho! Cara, nós temos uma coelhinha e ela é SUPER metódica, curte uma rotina, gosta do cantinho dela e tudo o mais! Fico imaginando o coitado do coelho da escola indo para casas e famílias diferentes todos os finais de semana e me corta o coração! Não quero que meus filhos enxerguem os animais dessa forma! Difícil ensinar o certo quando a escola ensina o errado, né? Ai ai!
    Mas espero que pelo menos a experiência tenha sido legal para a Laura!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...fazia tempo que não passava por aqui...

    Estava em greve com os blogs, mas agora estou voltando ao normal...O da Lene eu recebo um email com textos novos, queria q vcs colocassem nos de vcs tbem!!! Please!!!

    Chorei de rir aqui na loja agora...kkkkk...Eu nunca te vi pessoalmente, mas consiguo imaginar a cena!!!!

    Mas o auge foi a Cah mandando vc tirar uma foto caso tivessem que comprar outro kkkkkkkkkkkkk

    Saudadona!!!

    ResponderExcluir
  6. Oiiiiii!!

    Faz tempo que não passo por aqui...Estava em greve com os blogs, mas agora estou voltando ao normal...

    Eu recebo um email com os textos novos da Lene, vcs podiam fazer isso tbem né? Please!!!

    Chorei de rir agora!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

    Não te conheço pessoalmente, mas consigo imaginar as cenas...kkkkkk

    O auge foi tirar foto caso precisassem comprar outro igual ...kkkkkkkkkkkkk

    Saudadona!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi meninas!!!

    Fundamos um grupo de familias homoafetivas - Entre Laços, tenho certeza de que irão gostar de dividir conhecimentos conosco!!

    Facebook: facebook.com/grupoentrelacos

    Beijos

    Gy e Su

    ResponderExcluir